segunda-feira, 29 de março de 2010

Nunca antes nesse País!

Um partido político, o PSDB, vai processar sindicato dos professores de São Paulo por incitar palavras de ordem contra um governador, o José Serra!

Do Blog Os Amigos do Presidente Lula


José Serra inaugurou hoje obra da linha da Linha 4 (Amarela) que ainda não tem data para abertura
O PSDB vai entrar com uma representação no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) contra a Apeoesp (sindicato dos professores de São Paulo) e sua presidente, Maria Izabel Noronha, por segundo José Serra, o governador tucano, contrapropaganda eleitoral e aproveitar as manifestações da categoria para incitar palavras de ordem contra o governador de São Paulo, José Serra (PSDB).

Na representação, o partido de Serra pede que a Apeoesp e sua dirigente sejam multados por uso eleitoral de palanques para coordenar a greve.

Para embasar o pedido de multa à entidade e sua dirigente, José Serra mandou o PSDB anexar filmes gravado por capangas do Serra durante a passeata que mostram Maria Izabel perguntando para os professores se Serra será presidente. E, em coro, os manifestantes respondem que não. Em outro filmete, há uma música que diz: "Daqui a pouco tem eleição. No Planalto ele não chega não".

Segundo o PSDB, na manifestação da semana passada, a sindicalista disse: "Esse senhor não vai ser presidente do Brasil", afirmou ela. "Se for eleito vai acabar com imagem que Brasil conquistou lá fora." Ainda de acordo com o PSDB, também convocou os professores a "acabarem com o partido" de Serra: "Estamos aqui para quebrar a espinha dorsal desse partido e desse governador", disse Bebel, como é conhecida.

Hoje em São Paulo:Serra faz corpo a corpo em vistoria de obra do Metrô

governador de São Paulo e presidenciável tucano, José Serra, aproveitou nesta segunda-feira para fazer um corpo a corpo na região da Consolação.

Acompanhadodo candidato do PSDB ao governo de São Paulo, Geraldo Alckmin, e do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM), Serra caminhou por cerca de 15 minutos na avenida Paulista acenando e conversando com a população.

Após o rápido corpo a corpo, o tucano entrou na sede do Banco Safra, de onde pegou um helicóptero para o Palácio dos Bandeirantes.

O evento de Serra foi acompanhado de uma bandinha, que cantava "Tá chegando a hora. O dia já vem raiando, meu bem, e eu tenho que ir embora..." O tucano vai deixar o governo nesta semana para disputar a eleição.

Nenhum comentário:

Marcadores