segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Carta para Luciano Huck:



Luciano, você bebeu antes de dirigir. Fez merda. Mas não se preocupe: Para a maioria do país, comunicador FDP não é aquele coloca a vida dos outros em risco, é aquele que fala o que pensa. Fique tranquilo.
No fundo você está pensando: "Só bebi um pouquinho e estava a 20 Km/h. Essa lei é muito radical no  Brasil  e com a dose que bebi, eu não seria sequer multado em nenhum outro país". Não é isso que está na sua cabeça? Eu sei que é. Eu conheço cabeça de playboy inconsequente.

Mas é claro que você não vai dizer nada disso. Sabe por que? Porque dizer o que pensa é mais arriscado do que dirigir alcoolizado. Você nunca falou nada que desagradasse o seu público, não é em um momento de crise que você irá fazer isso, tô certo?


Você não vai jogar fora toda uma credibilidade construída durante anos de assistencialismo barato na TV, não é?


Para se sair bem desta, segue a minha dica: Fala que não agiu certo. Isso. Veste aquela máscara de celebridade arrependida e vai pra TV fazer de conta que você se importa com o assunto. Melhor ainda… Faz campanha contra a combinação direção álcool. Perfeito! Nossa, vai pegar super bem! O povo vai te amar ainda mais.
Genial.


Bem... Nem sei porque estou aqui dando dicas. Você sabe muito bem o que fazer, afinal, teatrinho falso na TV é a tua especialidade.
Tenho certeza que tudo vai acabar bem.


E da próxima vez, se não for atrapalhar muito a sua vida, tenta não colocar a vida dos outros em risco. Pega um táxi, seu bosta.

Rafinha Bastos

 Ps: Sempre achei que Rafinha Bastos era um Gênio incompreendido. Depois dessa. tenho certeza!!

Um comentário:

Sueli Rodrigues disse...

Rafinha, é fácil atirar pedras, mas não esqueça que seu telhado pode ser de vidro, um dia você também pode ser pego numa blitz... e eu vou querer você se chamando de b****

Marcadores